Rota da Seda

14 dias viagem no comboio especial Registan,  seguindo a Rota da Seda, através do Turquemenistão, Uzbequistão e Cazaquistão.
Indicação a pedido

Encontros com sete principais sítios do património mundial da UNESCO:
– Nisa – cidade real velha de os partos;
– A Pérola do Oriente: ruínas da cidade de Merv;
– Itchan Kala: oásis e centro caravana de Khiva;
– Centro Histórico de Bukhara.

Actualização: a viagem é feita em sentido inverso ao do programa.

1.º dia – Lisboa Almaty
Saída de Lisboa em voo de carreira regular, em direcção a Almaty, com escala. À chegada, transfer para o hotel.

2.º dia – Almaty, a terra das maçãs (PAJ)
Pela manhã, circuito panorâmico para conhecer a cidade verdejante de Almaty, antiga capital do Casaquistão, situada no sopé dos Montes Alatau conhecendo nomeadamente a Catedral Ortodoxa construída em madeira, o Circo e a Mesquita Central. Almoço típico de boas-vindas numa tenda. De tarde, início da viagem de comboio com uma bebida de boas-vindas e uma pequena apresentação.

3.º dia – Turquestan, o centro de peregrinação dos nómadas (PAJ)
Chegada a Turquestan logo após o pequeno-almoço, para visitar o Mausoléu de Khoja Ahmed Yasawi, construído em 1394 e considerado Património da Humanidade pela UNESCO. Após a visita, continuação da viagem de comboio até à fronteira uzbeque, em direcção a Taschkent, capital do Uzbequistão, com cumprimento das formalidades aduaneiras no compartimento e noite a bordo.

4.º dia – Taschkent, o oásis verde (PAJ)
Chegada de manhã cedo à capital do Uzbequistão, situada aos pés da montanha Tien-Shan. Circuito panorâmico à cidade: a madrassa de Kukeldash, os monumentos a Kavoj e a Tamerleão e as suas casas típicas de barro. À noite, espectáculo na célebre Ópera Navoi, no fim do qual prosseguirá a viagem de comboio em direcção a Schahrisabz.

5.º dia – Schahrisabz (PAJ)
A cidade-natal de Tamerleão situa-se numa fértil planície. Aqui teremos oportunidade de admirar as ruínas do imponente palácio que Tamerleão aí mandou construir e conhecer um pouco a vida dos seus habitantes. A viagem de comboio continua ao fim do dia em direcção a Samarcanda, com uma prova de vinho uzbeque.

6.º dia – Samarcanda (PAJ)
Dia para admirar as maravilhas desta cidade, que no tempo de Tamarleão era considerada a mais bela e importante cidade do mundo: Schah-i-Zinda, as ruínas de Afrosiab (com visita guiada ao Museu) e a Praça Registan, considerada o maior conjunto monumental da Ásia Central, com as suas três madrassas e as cúpulas douradas das mesquitas em segundo plano. Alojamento em hotel por duas noites.

7.º dia – Samarcanda (PJ)
Continuação das visitas à cidade e arredores, nomeadamente a uma manufactura de tapeçarias, manufactura de papel, Observatório Astronómico de Ulug Beg e ao túmulo de Tamerleão, que transformou a cidade no Paraíso do Oriente e a tornou famosa a nível mundial.

8.º dia – Samarcanda (PAJ)
Manhã livre para actividades, visitas ou compras. Cerca do meio-dia, partida para oeste, em direcção a Khiva. Dormida no comboio, atravessando o deserto.

9.º dia – Khiva, um conto das 1001 Noites (PAJ)
Dia para visitar a cidade-museu de Khiva, rodeada pelas suas imponentes muralhas de barro, dentro das quais a vida pulsa como outrora, à volta do minarete de Kalta Minor. Durante a visita guiada à cidade, oportunidade para admirar os seus palácios, mesquitas, minaretes, mausoléus e madrassas, que constituem um conjunto único e exemplarmente bem conservado. Almoço no Palácio de Verão do emir local.

10.º dia – Buchara, a nobre (PAJ)
Situada em pleno deserto de Kisilkum, a cidade de Buchara guarda cerca de mil monumentos que recordam os tempos dourados do auge da Rota da Seda. Especiarias, peles, mas sobretudo artigos de seda eram transportados em caravanas e aí transaccionados. Oportunidade de visitar alguns dos seus monumentos, nomeadamente o minarete de Kaljan, Labi-Hauz e o centro histórico. Jantar numa madrassa, com espectáculo etno-folclórico e desfile de trajos regionais. Noite em hotel.

11.º dia – Buchara, a nobre (PAJ)
Continuação das visitas à cidade e arredores: madrassa Mir-e-Arab, mausoléu dos Samanidas, fortaleza de Ark (uma cidade dentro da cidade, antiga residência dos soberanos de Buchara) e a residência de Verão dos últimos emires. Noite no comboio.

12.º dia – Merw, a pérola do Oriente (PAJ)
Chegada durante a manhã a Merw, Património da Humanidade, outrora uma das maiores e mais ricas cidades do mundo, arrasada pelo filho de Gengis Khan em 1221. Reconstruída no séc. XVIII, foi de novo arrasada pelo emir de Buchara em 1795. Digno de visita, o mausoléu do sultão Sanjar, a Fortaleza das Virgens (Kis Kale), dentre outros. Continuação da viagem em comboio para Ashgabat, a capital do Turquemenistão, com chegada já noite. Dormida em hotel.

13.º dia – A antiga cidade de Nisa, actual Ashgabat (PAJ)
Visitas de dia inteiro, começando pelas ruínas e escavações de Nisa, imponente pelo seu tamanho e pela sua cultura. Depois do almoço, visita panorâmica à cidade de Ashgabat, de uma opulência inimaginável devida à riqueza do país em petróleo e gás natural. Visita ao Museu Nacional com as suas diversas exposições que retratam o passado e o presente do país. Jantar de despedida e transfer para o aeroporto, para o voo de regresso.

14.º dia – Ashgabat – Lisboa
Voo de regresso com escala.

7 noites no comboio;
6 noites em hotel;
Viagem em comboio na categoria escolhida;
Excursões e visitas conforme mencionado;
Refeições conforme mencionado: P – Pequeno-almoço; A – Almoço; J – Jantar
Transferes de e para os aeroportos e os comboios, fora de Portugal;
Seguro multiviagem.

Voos internacionais;
Bebidas às refeições;
Gorjetas;
Vistos;
Serviços não mencionados como incluídos.

Formulário de Reserva









Informação a pedido.

29.03.2018 a 11.04.2018 – sentido oeste (EN/FR)
10.04.2018 a 23.04.2018 – sentido este (EN/ES)
03.10.2018 a 17.10.2018 – sentido oeste (EN)
16.10.2018 a 29.10.2018 – sentido este (EN/FR)

Outras viagens VIAGENS:

Informação a pedido